Quem sou eu

Minha foto
novo hamburgo, RS, Ireland

Irlanda

Irlanda
Dublin

sábado, 29 de janeiro de 2011

Sábado

Hje  acordei cedo por que mamãe veio me ajudar a arrumar as malas.
Nossa quanta coisa,quanta confusão.quantas dicas nos blogs de quem já viajou,qtas coisas que nem pensar em esqcer, aiii meu Deus,vou ficaarr de cabelo em pé!!!
A medida que vou encaminhando minhas coisas,cada vez mais cai minha ficha que é algo inexorável.
A saudade já vem batendo,mesmo antes de embarcar;o rosto das pessoas que amo me vem a mente,imaginando como vou ficar sem elas,mas tudo isso será adaptação,porém nada as substituirá.
Jah são 15:38, e ainda nao terminei de fazer a mala de mão e pensa que hje farei minha despedida sendo q as 19 tenho q estar pronta.(aieee,tempo q corre).
Pela ansiedade,acabei comendo mto,acabei chorando mto..tudo novo pra mim,então pela própria ansiedade acabei deixando as malas pra última hora,então tô me batendo 1 poko,porém tive ajuda da mãezinha,então sei q não faltará naadaa!
Gentemmm vou escrevendo aos poucos pra dizer como andam as coisas!
Aiiii...penso muito,mas muito em algm em especial que vai guardado cmgo no peito.Tum tum tum.

Um beijoo enorme e torcida POSITIVA heim?!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Momento refletivo...


"A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado".
Quem atribue à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência.
O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um.
Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la"

Albert Einstein

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Nervos a flor da pele

Boa tarde gente!


Pois é, está chegando minha hora de "abandonar" o Brasil!Ficarei fora, a princípio, por 1 ano.
Está cada vez mais próximo da minha partida; a ansiedade está tomando conta do meu corpo e os nervos estão a flor da pele, hehe.
Tudo que mais quero é realizar esse intercâmbio,aprimorar o inglês,respirar novos ares, conhecer etnias diferentes,contudo adquirir experiências novas.
O motivo maior da minha ansiedade e desespero está relacionado pela futura ausência dos meus familiares e amigos,embora não perderemos o contato graças ao meio virtual.
O segundo maior motivo será me deparar com estrangeiros,que possuem costumes totalmente diferentes dos meus e minha cara e coragem de me adaptar a isso,ou melhor, conviver.Só que tudo é adaptação e vamos torcer para que seja bem rápido,afinal força de vontade não me falta.
Enfim,queria pedir àqueles que mais sofrem com a minha saída que pensem como eu, e que também acreditem que 1 ano passa muito rápido e que logo estarei aqui fazendo folia,estudando, trabalhando e distribuindo meu afeto a vocês.Moram no meu coração e é só com o apoio de vcs que me sentirei forte para vencer essa batalha.
Finalizo então, minha primeira postagem,homenageando uma pessoa em especial, que se não fosse por ela,não estaria cada vez mais crescendo na vida e passando por novas experiências: MEU PAI.